Quarta, 23 Agosto 2017 | Login

Últimas Notícias

Piracanjuba: Polícia desvenda autoria de três crimes ocorridos em 2016

Quinta, 09 Junho 2016 00:00 Escrito por

Piracanjuba: Polícia desvenda autoria de três crimes ocorridos em 2016

A Polícia Civil de Piracanjuba apresentou nesta quarta-feira (08), os resultados das investigações envolvendo o homicídio de Felipe Gabriel Siqueira, 19 anos, que ocorreu no dia 11 de março deste ano, bem como desvendou a autoria de dois roubos de veículos, com uso de arma de fogo, ocorridos nos dias 31 de março e 05 de abril.

Diante dos fatos, a Polícia cumpriu mandado de prisão e efetuou o indiciamento de Rumenik Gomes da Silva, 23 anos. Após as investigações, ficou constatado que Rumenik, em co-autoria com Leonardo da Silva Duraes, 22, conhecido como "Tueta" - também preso pela Polícia Civil de Piracanjuba no dia 23 de maio - traíram a confiança de Felipe Gabriel, ao levá-lo até uma estrada próxima da zona rural e executá-lo a sangue frio. Do mesmo modo, ficou esclarecido que Rumenik praticou os roubos supracitados, subtraindo um veículo HB20 e um Gol, tendo utilizado em ambos os casos, arma de fogo para intimidar as vítimas.

Rumenik, que se encontra preso em Aparecida de Goiânia, desde o dia 06 de abril deste ano, pela prática de porte ilegal de arma de fogo e de receptação, foi indiciado pela polícia, que cumpriu seu mandado de prisão.

Para o Tommaso Leonardi, Delegado responsável pelo caso, a Polícia tem apresentado resultados satisfatórios para a população. “É importante ressaltar que Rumenik é a terceira pessoa presa pela Polícia Civil de Piracanjuba por crimes de homicídio nos últimos 30 dias. Estamos trabalhando para coibir qualquer tipo de crime em nossa cidade”, destacou.

Crime

Felipe Gabriel de Siqueira, 19 anos, foi morto no dia 11 de Março de 2016. Seu corpo foi encontrado em uma estrada vicinal de Piracanjuba, próximo a saída para Morrinhos. Ele apresentava três marcas de tiros na cabeça.


Rumenik Gomes da Silva, 23 anos. Foto Polícia Civil

Foragido, acusado de matar Policial Civil é preso em Professor Jamil

Sexta, 17 Junho 2016 00:00 Escrito por

Foragido, acusado de matar Policial Civil é preso em Professor Jamil

Paulo Vitor Costa

A Polícia Civil da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios – DIH, prendeu nesta quinta-feira (16), Genésio Rodrigues de Almeida Júnior, acusado pelo crime de latrocínio - roubo seguido de morte -, contra o Policial Civil aposentado, Félix de Jesus Nazareno. O crime ocorreu no último dia 31 de março, no setor Bueno, em Goiânia.

A prisão ocorreu em uma zona rural no município de Professor Jamil, a 37 km de Piracanjuba. Após as investigações, a Polícia constatou que Genésio, foragido desde o crime, estaria escondido no local.

A Polícia ainda se deparou com outra situação alarmante. Após a equipe policial sair do local, dois menores, cientes que Genésio não voltaria, furtaram um veículo de propriedade do preso e seguiram rumo a BR-153. Os menores, no entanto, não contavam que sofreriam um acidente. O veículo capotou próximo ao km 568. Cientes que a Polícia iria ao local para registrar o Boletim de Acidente, os menores empreenderam fuga. A Polícia Rodoviária Federal - PRF fez busca nas mediações e conseguiu apreender um deles. Na busca pessoal, a PRF encontrou cerca 5g de maconha e dois celulares em sua posse.

O Crime

O crime aconteceu às 6h30 do dia 31 de março de 2016. Segundo a Polícia Civil, dois homens ordenaram que ele entregasse o celular e a chave do carro, mas Nazareno reagiu. O incidente aconteceu em frente ao Instituto Ortopédico de Goiânia (IOG), no Setor Bueno.

Na época do crime, o delegado responsável pela investigação, Rilmo Braga, afirmou que o aposentado matou um dos autores e o outro teria conseguido fugir.

Com informações da PRF.


Genésio Rodrigues foi preso em Professor Jamil. (Foto: Divulgação).

Mais Visitadas

Trio é preso por Roubo, Furto e Receptação Paulo Vitor…
Jovem baleado após ação Policial é foragido do presídio de…
Mais dois Vigilantes Penitenciários são presos em Piracanjuba Paulo Vitor…
Projeto para construção de delegacia é aprovado em Piracanjuba Paulo…

Polícia prende suspeito de homicídio em Clínica de Recuperação para Dependentes Químicos

Sexta, 01 Julho 2016 00:00 Escrito por

Polícia prende suspeito de homicídio em Clínica de Recuperação para Dependentes Químicos

A Polícia Civil de Caldas Novas cumpriu nesta quinta-feira (30), o mandado de prisão temporária contra Vicente Hilário Rosa Junior, 33. Vicente era investigado pelo crime de homicídio qualificado, praticado contra Juliano Gonçalves Barreto, de 26 anos, no último dia 07 de fevereiro de 2016.

A vítima frequentava uma clínica de recuperação para dependentes químicos, localizada em Caldas Novas, a 78 km de Piracanjuba. O Suspeito trabalhava como monitor nesta clínica, auxiliando nos cuidados com os internos.

A investigação apontou que no domingo de carnaval deste ano, houve um desentendimento entre o proprietário da clínica, Francisco Sabino, e a vítima Juliano. Durante a confusão Vicente Hilário teria enforcado Juliano, enquanto o proprietário aplicava injeções de medicamentos, mesmo sem possuir qualquer formação médica, o que o fez a vítima perder a consciência e vir a óbito.

A Polícia apurou, a partir dos depoimentos já colhidos, que sempre que os internos “se alteravam” devido à abstinência do uso de drogas, o investigado Vicente Hilário tinha o papel de os imobilizar.

Segundo o Delegado Leylton Barros, que coordena as investigações, a Polícia Civil ainda aguarda o resultado dos exames periciais para finalizar o caso.

Vicente Hilário responderá pelo crime de homicídio qualificado, enquanto que Francisco Sabino, que já se encontrava preso, responderá também pelo crime de exercício ilegal da medicina. Se condenados, as penas poderão chegar a 30 anos de reclusão.

Com informações da Polícia Civil de Caldas Novas

Polícia Militar de Piracanjuba estoura 'boca de fumo', prende suspeitos e apreende drogas

Terça, 05 Julho 2016 00:00 Escrito por

Polícia Militar de Piracanjuba estoura 'boca de fumo', prende suspeitos e apreende drogas

Paulo Vitor Costa

Três pessoas foram presas na noite desta segunda-feira (04) por tráfico de drogas, no Conjunto Pouso Alto, em Piracanjuba, a 87 km de Goiânia. Uma quarta pessoa que estava no local, foi detida por uso de entorpecente. Com eles, a Polícia Militar apreendeu, celulares, uma balança de precisão, dinheiro do comércio de drogas, além de tabletes de maconha.

A ação ocorreu depois que uma movimentação chamou a atenção de moradores do Conjunto. Após denúncias, a Polícia Militar passou a monitorar o local, e acabou se deparando com um ponto de drogas nas imediações da Rua 04. Para o comandante da Polícia Militar, Capitão Werik Ramos, o trabalho da polícia tem se intensificado no combate ao tráfico.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia do município.


Divulgação Polícia Militar

pm estoura boca de fumo capa
Divulgação Polícia Militar