Sábado, 19 Agosto 2017 | Login
João Brasil Pereira Pouso Alto - Terceiro Presidente do Sindicato Rural João Brasil Pereira Pouso Alto - Terceiro Presidente do Sindicato Rural

Sindicato Rural de Piracanjuba faz homenagens a ex-presidentes Destaque

JOÃO BRASIL PEREIRA POUSO ALTO

Terceiro Presidente do Sindicato Rural

  Paulo Vitor

Em 2017, o Sindicato Rural de Piracanjuba completa 50 anos com uma sólida marca de evolução e desenvolvimento. Com o intuito de fortalecer este legado, Eduardo Iwasse, atual presidente, em parceria com o jornal O Piracan, comemora a data reverenciando o passado, destacando com homenagens quem muito contribuiu para construção da instituição e ajudou a escrever a história de um dos mais antigos sindicatos do estado.

Na edição anterior, a história de David da Silva Mauriz foi destaque e desta vez o reconhecimento será à João Brasil Pereira Pouso Alto. João Brasil foi presidente da instituição entre os anos de 1971 a 1980. Neste período, ajudou a transformar o sindicato no que é hoje, uma instituição de renome e respeito.

João Brasil, Piracanjubense, nasceu no dia 3 de maio de 1930, hoje, aos 87 anos, relembra das dificuldades vividas na época e dos sonhos para construir o sindicato. Mesmo formado em contabilidade, João Brasil era apaixonado pelo meio rural e acabou dedicando boa parte de sua vida à área. Foi empresário de uma indústria de couros e agropecuarista. Incentivado pelo sogro Américo Dias Pinheiro, João acabou se tornando presidente. O sindicato nasceu da união de uma comissão de fazendeiros do município, junto à representantes de entidades, além de pessoas ligadas à secretaria de Agricultura do Estado de Goiás e da Federação da Agricultura. João Brasil, ainda adolescente, fazia parte deste grupo, contribuindo para abertura da instituição. “Ir para Brasília naquela época buscar recursos era um desafio. Íamos num carro Opala, através de estradas de chão, mas sempre voltávamos com boas notícias”, relembra.

João Brasil foi referência nas questões sociais de Piracanjuba. Participou da aquisição do parque agropecuário, onde ele mesmo realizou as primeiras exposições agropecuárias do município. “Foi um marco. Lembro de nomes como Chico Rey e Paraná e Trio Parada Dura marcarem presença no evento. Tínhamos exposição de gados, estandes, era uma festa completa. Uma alegria para todos”, disse.

Além da condição de trabalhador voluntário em favor da comunidade Piracanjubense, uma vez que não recebia salário no sindicato, João Brasil foi ainda um dos primeiros sócios fundadores da Cooperativa Agropecuária Mista de Piracanjuba – Coapil e do Banco do Brasil.

Durante a gestão de João, o sindicato era situado em apenas uma sala, localizada onde hoje atualmente é o escritório de advocacia Alves e Halley, em frente a Coapil. O Sindicato era famoso por promover cursos de inseminação artificial, implementação agrícola e viagens para interação entre produtores. No local também eram vendidos produtos agropecuários e vacinas. O dinheiro era incorporado ao capital da instituição e utilizado para o custeio dos cursos.

João Brasil construiu um legado que será lembrado por gerações. Ao lado da esposa, Jane Conceição Dias Pereira,cultiva uma família de respeito e que cresceu aos ensinamentos dos pais. Além dos filhos, Wilson Brasil Pereira Pouso Alto, Neusa Maria Brasil, Jennifer Maria Brasil, Euddes Brasil Pereira Pouso Alto, Euler Brasil Pereira Pouso Alto e Jefferson Brasil Pereira Pouso Alto, o casal ainda possui nove netos e cinco bisnetos.

Eduardo Iwasse, atual presidente do sindicato, destaca que o resgate de cada um desses ex-presidentes é importante para que as pessoas possam conhecer um pouco mais da história de quem esteve à frente da instituição e que ajudou no crescimento e na transformação do que é atualmente o Sindicato Rural de Piracanjuba. “Nada mais justo do que homenagear as pessoas que por aqui passaram e deixaram as contribuições para o sucesso da instituição”, disse.

 

Ex-presidentes

 

Registrado no Ministério do Trabalho no dia 14 de novembro de 1967, o Sindicato Rural de Piracanjuba tem em sua trajetória, cases de sucesso e histórias que merecem ser contadas. Entre elas, a de Nilson Eloy Pimenta, um dos primeiros presidentes da Associação Rural do Município de Piracanjuba, fundada em 30/08/52, e que mais tarde daria origem ao sindicato.Além de Nilson, o jornal O Piracan já contou a história de Amym José Daher. Amym foi um dos pioneiros na região em lutar para o idealismo de uma instituição que estimaria pelos direitos do homem do campo.Leonardo Marçal Vieira e David da Silva Mauriz também já tiveram suas histórias retratadas em edições anteriores.

 

  

 

Ler 4108 vezes

Autor

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.