Sábado, 19 Agosto 2017 | Login
Professor David da Silva Mauriz é homenageado pelo Sindicato Rural de Piracanjuba

Professor David da Silva Mauriz é homenageado pelo Sindicato Rural de Piracanjuba Destaque


Professor David da Silva Mauriz - Segundo presidente do Sindicato Rural 1968 e 1971

 Paulo Vitor

Cinco décadas de dedicação e desenvolvimento ao setor rural e agropecuário de Piracanjuba. Esse foi o legado que estimulou o início da comemoração de 50 anos do Sindicato Rural do município. Marcando homenagens aos ex-presidentes que contribuíram com o histórico de lutas e conquistas em defesa do reconhecimento e da valorização do setor.

Ao longo de 2017, ano em que o Sindicato comemora meio século, o presidente Eduardo Iwasse, vem relembrando os desafios enfrentados nos últimos 50 anos da instituição, destacando o importante papel de cada líder sindical em sua gestão, que consolidou o fortalecimento do setor em Piracanjuba e região. O Sindicato foi criado em 14 de novembro de 1967. No resgate histórico, iniciado por Eduardo e amplamente divulgado pelo jornal O Piracan, o sindicato relembra sua trajetória e faz homenagens aos fundadores e ex-presidentes da instituição. Seu primeiro presidente foi Leonardo Marçal Vieira. Que ao sair, deu lugar à David da Silva Mauriz, homenageado dessa edição. Professor David, como ficou conhecido, devido sua grande atuação como professor de língua portuguesa e Latim, lecionou boa parte de sua vida no Colégio Estadual Ruy Brasil Cavalcante. Foi educador, advogado e produtor rural, paixão que lhe conferiu o título de segundo presidente do Sindicato Rural. David era um homem simples, gostava de poemas, era produtor de banana e por vezes deu aula com a roupa suja de nódia e sempre com o facão embainhado na cintura, que havia acabado de usar no corte das bananas (relembram amigos de David).

Nascido no Piauí, professor David se tornou piracanjubense nato e de coração. Amigos e familiares relembram, com emoção, que sua maior paixão era servir a comunidade em que morava. Mesmo vivendo em uma época difícil, de Ditadura Militar, professor David exerceu com maestria lideranças e habilidades, dentro do Sindicato, que lhe conferiu o título de Gestor com Eficiência. David morreu em 1992. Deixou esposa, Maura Pinheiro de Melo e os filhos Denise Goreti Mauriz, Davidson Pinheiro Mauriz, Dickson Pinheiro Mauriz e Diane Aparecida Mauriz.

Dentre suas contribuições com o município, destaca-se a instalação da primeira agência do Banco do Brasil em Piracanjuba. Além da transcrição das atas do sindicato, todas escritas por ele. Professor David é lembrado até hoje por seus feitos no município com homenagens grafadas na sede da OAB - Subseção de Piracanjuba, e o concurso de Redação mais famoso da região, que ambos levam seu nome.

Eduardo Iwasse reforçou a importância das homenagens ao sindicato, o 10° criado no estado de Goiás e que ao longo destas cinco décadas, além de desenvolver um trabalho, reconhecido em todos os níveis, em defesa da categoria, também tem forte atuação na sociedade, no Estado e em nível nacional, tendo se envolvido em inúmeros fóruns, eventos e campanhas, defendendo causas e melhorias para o dia a dia da comunidade. “É com muito orgulho que compartilho cada etapa vencida, cada trajeto percorrido, que não foram poucos e não foram fáceis, pois foram eles que tornaram nosso sindicato no que é hoje. Nosso setor é referência no segmento. Os presidentes homenageados, bem como aqueles que, prematuramente, nos deixaram, foram gradativamente dando forma e consistência a esse sindicato nas variadas formas de representação das empresas associadas, nas parcerias progressivamente construtivas com os poderes públicos e nas entregas de serviços e representatividade crescentemente com mais qualidade para a população”, destacou.

A próxima edição vai relembrar a trajetória de João Brasil Pereira Pouso Alto, presidente do sindicato entre os anos 1971 a 1980.


Professor David, ao lado da família, um dos primeiros presidentes do Sindicato

 

 

Ler 2295 vezes

Autor

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.